31 março 2009

Aniversário TAUA:.

A TAUA felicita a sua caloira mais novinha pelo seu aniversário!



Muitos parabéns e muitos finos para celebrar!! ;)

30 março 2009

Sabias que...

VIOLÃO

.Definição
A guitarra clássica, também conhecida como violão, ou Spanish guitar em inglês (em Portugal a denominação mais comum é viola, embora até meados do séc. XX também fosse violão), é uma guitarra acústica com cordas de nylon, concebida inicialmente para a interpretação de peças de música clássica. O corpo é oco e feito de várias madeiras diferentes. O braço possui trastes que a tornam um instrumento temperado. As versões mais comuns possuem seis cordas de nylon, mas há violões com outras configurações, como o violão de sete cordas e o violão baixo, com 4 cordas, afinadas uma oitava abaixo das 4 cordas mais graves do violão.

. Origem
A guitarra remonta à antiga Grécia, sendo que a palavra guitarra deriva do grego cítara. Pensa-se que a guitarra terá chegado à Península Ibérica pela mão dos Romanos, tendo sofrido inúmeras alterações até chegar aos diversos modelos que conhecemos hoje em dia.
No início do século XVI a guitarra era usada, em muitos países da Europa, por músicos profissionais que apresentavam peças, previamente compostas, diante da Corte Real e dos membros da Aristocracia. A guitarra servia também como fundo de algumas apresentações teatrais.
Durante o século XVII, o piano fez a guitarra perder alguma da popularidade até aí adquirida. O reaparecimento deu-se apenas em finais do século XVIII, início do século XIX.
Pensa-se que a guitarra tenha chegado à Península Ibérica pela mão dos Romanos e daí ter-se-á espalhado para o resto da Europa. Espanha é considerado o berço da guitarra clássica moderna, que emergiu durante o século XIX, muito por influência de Francisco Tarrega, uma figura preponderante tanto como executor como professor. Ao mesmo tempo desenvolviam-se as cordas de aço que viriam a ser utilizadas nos modelos eléctricos, lançados em 1930 como resultado de experiências com a amplificação dos instrumentos.
A popularização da guitarra ocorre durante o século XX, coincidindo com o desenvolvimento de técnicas de gravação. Assiste-se a uma expansão da guitarra para fora do espaço Europeu, ganhando um importante lugar não só na tradição clássica americana como no folk.

. Técnicas de execução
A diversidade de estilos em que a guitarra era introduzida requereu uma grande diversidade de técnicas de execução. As guitarras clássicas usam cordas de nylon, mais concretamente três das cordas são de tripa e as restantes de seda forrada a arame, e são tocadas com os dedos. As guitarras que usam cordas de aço, as eléctricas, são normalmente tocadas com palhetas.

1-Cabeça, mão ou palheta;
2-Pestana ou capotraste;
3-Tarrachas, cravelhas ou carrilhões;
4-Incas;
6-Elementos decorativos;
7-Braço;

8-Tróculo (junta do braço);
9-Corpo;
12-Cavalete;
14-Fundo;
15-Tampo Dianteiro;
16-Lateral, faixas ou ilhargas;
17-Abertura ou boca;

18-Cordas;
19-Rastilho;
20-Escala.




. Afinação
A viola tem um acréscimo de dificuldade na afinação, visto que a escala é imperfeita. Como a mesma nota pode ter uma posição diferente em escalas diferentes, irá soar mais justa ou menos justa conforme o tom e inversão usada, porque a progressão não é linear. Deve-se proceder a um meticuloso trabalho de distribuição de alturas apurando o ouvido para a percepção dos batimentos que ocorrem quando há desvios na afinação, por desfasamento das vibrações.
A afinação pode ser feita por ouvido (nos casos em que as pessoas se conseguem lembrar das notas com elevada precisão diz-se que são dotadas de ouvido absoluto), através de comparação com uma nota afinada seja de um outro instrumento (de preferência teclado ou outro que não precise de afinação) ou de um diapasão, ou ainda através de um afinador electrónico. As cordas também podem ser afinadas em relação às outras cordas do instrumento.
De um pequeno instrumento com um som delicado e baixo volume a viola passou a ser um instrumento adaptável, portátil, atractivo e versátil, com uma grande riqueza em timbres e dinâmica, que lhe permite uma adaptação a um sem número de estilos musicais. Sendo considerado o mais popular instrumento do mundo o seu som pode ser ouvido em qualquer parte do globo, tanto em solos como em grupo.

Agora fica um demonstração exímia, do que é trabalho em equipa...

...e de olhos fechados! ;P

Publicações:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Viol%C3%A3o


No último sábado de Março, o nosso caloiro Jota esteve de parabéns!
Felicidades para ti e muitos anos de vida!!

Novo Voto


A TAUA dá parabéns à caloira madeirense Marisol, que recebeu o seu voto de responsabilidade (azul) no passado dia 26 de Março nas Portas do Mar.



Continua no bom caminho e TAUA Power!!

16 março 2009

A TAUA vem por este meio dar os parabéns à Luso Can Tuna, a nossa tuna afilhada, pelo seu XI aniversário, comemorado no passado sábado, dia 14 de Março!

É com muita honra que ainda hoje recordamos o nascimento da Luso Can Tuna, restando-nos desejar as maiores felicidades e deixar aqui um grande abraço!

Continuem com força e levem em frente o vosso lema por muitos e muitos anos: "enaltecer valores musicais, de amizade e camaradagem"!

As mais cordiais saudações académicas, TAUA

PS: É surpresa! ;)

.:Aviso:.

Avisam-se todos os elementos e interessados que o ensaio geral, durante a semana, passa de Quartas-feiras para as Quintas-feiras.
O horário mantém-se às 19h30!


Atentamente,

A direcção

09 março 2009

Novo Tuno

A TAUA dá os parabéns ao novo tuno, Petr!
A cerimónia de atribuição de voto teve lugar no passado dia 07 de Março, no Largo da Câmara Municipal de Ponta Delgada.


Muitas felicidades e continua a honrar o nome da TAUA!

06 março 2009

Jantar de tuna!


Após o 2º Semestre já ter começado há mais de um mês na teórica, mas só para alguns na prática, o tão ansiado jantar de tuna está de volta!!


SÁBADO, 07 DE MARÇO - Jantar de 2ºSemestre!!
No restaurante SuperPrato, pelas 20:30h!! Não é necessário confirmar presença, mas quem não for que informe algum membro da Direcção com alguma brevidade! Registos para breve... **

Boa sorte... :P

04 março 2009

Apresentação da Real Extudantina Dos Açores

No passado dia 24 de Janeiro "nasceu" uma nova tuna!
Decorreu na ilha Terceira, no Auditório do Ramo Grande, Praia da Vitória o baptismo da Real Extudantina dos Açores.
Desde já as nossas felicitações, e foi com tristeza que a TAUA não pôde estar presente nesta Gala de Apresentação, que também seria de reencontro com caras bem conhecidas desta casa. Contudo, é com muito orgulho que vê surgir uma tuna que se distingue pela diferença, que reúne num só seio, a qualidade musical e as experiências de outrora.
Para quem não conhece, a Real Extudantina Dos Açores é um projecto que engloba elementos masculinos, antigos membros de tunas ou estudantes universitários tanto da Universidade dos Açores como das outras Academias portuguesas. A tuna leva já quase um ano a preparar-se para a sua primeira actuação, apostando num reportório praticamente todo constituído por músicas originais.
No passado evento, o público assistiu, para além da estreia da Real Extundantina, à actuação de outras tunas terceirenses e à “homenagem a Praienses da música...”


Um bem-haja e as maiores saudações académicas!

PS: Clica na imagem para veres a gala de apresentação ( A Real Extudantina a partir do minuto 19')